Mortal Kombat X – Kombat Class [Kitana]

Conferência do Xbox na E3 vai durar 90 minutos.

e3_logoA agenda da Microsoft para a E3 2015 já está definida há algum tempo e deve apresentar muitas novidades para os jogadores. Porém, parece que não são apenas os gamers que estão ansiosos para a chegada do dia 15 de junho, data em que a empresa falará sobre o Xbox e todo o seu ecossistema. Phil Spencer, o “cabeça” dos consoles da companhia, está dando algumas dicas sobre o evento através do Twitter. Respondendo a algumas dúvidas de usuários da rede social, Spencer comentou que a apresentação da Microsoft para o Xbox deve durar aproximadamente 90 minutos. Apesar disso, o figurão diz que ainda acha esse tempo um pouco “longo” e que não é nada fácil editar a conferência para fazê-la um pouco menor. “Nós fizemos uma revisão de fim a fim da apresentação ontem e ela ainda está muito longa. Eu gosto dos jogos que vamos ter no show e por isso não é fácil reduzir esse tempo”, disse ele sobre a promessa dos 90 minutos de conferência. Além da dica, Spencer não falou sobre os anúncios que serão realizados durante a E3 2015. Entretanto, sabemos que funcionários da 343 Industries, Turn 10 Studios, Crystal Dynamics – estúdios que são alguns dos subsidiados pela companhia – vão aparecer. A promessa de um novo IP exclusivo já foi dada pelo figurão, que também quer fazer com que a Microsoft reconquiste os jogadores de PC. Já o retorno de títulos do 360 para o Xbox One não é descartado.

Chefe da divisão demonstra interesse em mais títulos para Xbox 360 e Xbox One

phil_spencerO chefe da divisão Xbox, Phil Spencer, através de sua conta no Twitter revelou seus planos para trazer mais jogos lançados no Xbox 360 para o Xbox One. Ao responder um fã no Twitter sobre uma pergunta sobre Fable Anniversary, Spencer disse que existem muitos jogos do Xbox 360 que ele gostaria de levar para o Xbox One. Entretanto, ele acrescenta que a equipe está se concentrando em fazer novos títulos e que, por enquanto, será difícil focar neste assunto. Se você ainda não sabe, o Xbox One não conta com suporte para títulos do Xbox 360. Entretanto, a Microsoft divulgou em setembro de 2013 que o console da nova geração tem capacidade técnica para rodar jogos da geração passada, assim como acontece no PlayStation Now. Qual jogo do Xbox 360 você gostaria de ver no Xbox One? .

Alguns DLCs de MK X não estão inclusos no Kombat Pack

Ultimamente, alguns jogos têm sido vendidos com versões premium, que contém conteúdos extras. Na maioria das vezes, esses pacotes são associados ao game e o Season Pass juntos, garantindo uma edição completa sem a necessidade de gastar mais. É o caso de Mortal Kombat X, que já custa um pouco mais que o normal no Brasil (R$ 249,99) e possui uma versão ainda mais cara, chamada de Mortal Kombat X Edição Premium (R$ 299,99). Este combo inclui os quatro novos lutadores que serão lançados nos próximos meses, o personagem Goro e algumas roupas extras. Até então, os jogadores entendiam que este pacote era o Season Pass incluso com o game, garantindo um descontinho a mais. Contudo, não é bem assim. O pacote de roupas de personagens Kold War Skin Pack, que traz a temática da Guerra Fria aos heróis Kano, Sub-Zero e Sonya, não está incluso na versão Premium. Apesar de ser um DLC legal, que agrega ainda mais variedade ao jogo de luta, o fato de ele não estar incluso no conteúdo adicional está gerando desconforto na comunidade. Diferente do Pacote Samurai e do Pacote Terror, a novidade será cobrada à parte (R$ 8) para quem quiser obtê-la. Mesmo sendo barata – menos de R$ 3 por roupa –, é um pouco incômodo ter que desembolsar uma grana a mais depois de ter pago R$ 300 pelo pacote que, em teoria, é completo.

Novo Need for Speed vai usar o mesmo motor gráfico de Star Wars Battlefront

Uma boa notícia já está dada: Need for Speed, em desenvolvimento pela Ghost Games – a mesma responsável por Rivals –, vai ser um “reboot” completo de uma das franquias mais consagradas do gênero. O teaser estonteante não deixou dúvidas de que a proposta é ousada e, de acordo com Eletronic Arts, “o jogo apresentará o que os fãs querem e o que Need for Speed é feito para: personalização completa, autêntica cultura urbana de carros, mundo aberto e uma narrativa imersiva que conduz o gamer”. A novidade da vez é que esse “reboot” de Need for Speed será desenvolvido utilizando a nova versão da Frostbite Engine, o mesmo motor gráfico que será usado em Star Wars Battlefront. Quem deu a notícia foi Johan Andersson através de seu Twitter, diretor técnico da engine na EA. O tweet foi acompanhado do belíssimo teaser que você confete logo abaixo.

F1 2015 – Teaser

Batman: Arkham – Characters Unmasked [Insider #3]

Cópias físicas de The Witcher 3 têm carta de agradecimento e belos extras

the-witcher-2Se você é um dos felizardos que possuem a versão física de The Witcher 3, então deve ter percebido que a embalagem não se trata apenas de uma “simples” caixinha. Na verdade, mesmo a edição mais simples contém carta de agradecimento dos produtores, mapa de papel de Northern Realms, adesivos, guia com a história do jogo, CD com a trilha sonora e manual. Na mensagem de parabenização pela aquisição do título, a CD Projekt RED agradece aos fãs pelo apoio e por eles terem decido gastar o rico dinheirinho com The Witcher 3. “Mais de 200 de nós trabalhamos nos últimos anos com a produção desse game. Portanto, é com grande prazer e humildade que apresentamos ele para você”, informa a desenvolvedora. Eles ainda explicam que acreditam que quando um jogador compra um de seus títulos, ele merece ter um apoio contínuo e gratuito – atualizações e conteúdos novos e surpreendentes. Portanto, eles também fornecem o acesso a 16 DLCs gratuitos para que você faça o download sem precisar pagar nada, independentemente da plataforma ou edição escolhida. Depois dessa demonstração de carinho, você ainda duvida que vale a pena comprar The Witcher 3: Wild Hunt?

Windows 10 para Xbox One deve sair apenas no segundo semestre

Windows-10_XBOXO tão aguardado lançamento do Windows 10, previsto para o meio deste ano, durante o verão no hemisfério norte, promete ser bastante ambicioso, com a intenção de alcançar até 2018 um bilhão de dispositivos. Essa conta inclui também o console da marca, o Xbox One. Depois de ter sido anunciado para o videogame da Microsoft em janeiro desse ano como um update em um futuro próximo, o novo sistema operacional deve dar as caras para o console no segundo semestre de 2015 conforme Phil Spencer, chefão da divisão de games, afirmou via Twitter para fãs que o questionaram sobre a versão beta do SO. Conforme dito anteriormente, o Windows 10 para Xbox One deve ser disponibilizado primeiramente por meio do Preview Program, o sistema de testes que funciona por meio de convites e vai permitir aos usuários testarem o sistema operacional, normalmente pelo período de um mês, antes dele ser liberado para o público geral. Ainda não se tem muita certeza de como o Windows 10 vai funcionar no Xbox One. Porém, é sabido que ele terá algumas alterações para que não seja igual ao SO do PC, visto que diversas funcionalidades não fariam sentido estarem presentes no console, e apenas o que for interessante será mantido. Uma das novidades mais esperadas é a compatibilidade entre o console e um PC com Windows 10. No futuro devemos ter títulos que poderão ser jogados em conjunto a partir das duas plataformas. O primeiro título que promete essa façanha é Fable Legends, que deve sair ainda esse ano. Outras funções novas são esperadas com o novo sistema operacional funcionando no Xbox One.

Mulher dá à luz em lan house e volta para terminar o jogo

chinaSabe quando vemos um jogador de futebol excepcional e costumamos dizer que ele “nasceu com a bola no pé”? Bem, não podemos dizer que existem muitos craques na China, pelo menos quando falamos deste esporte especificamente. Contudo, o país se destaca em eSports, então podemos dizer que eles nasceram com “teclados nas mãos”? Literalmente (ou quase), algo assim aconteceu em Nanchang, na província de Jiangxi. Uma mulher chamada Xiao Li, de 24 anos, deu luz a um saudável bebê no banheiro de uma lan house e depois voltou para continuar seu jogo, ainda coberta de sangue. A moça, com o recém-nascido colo, foi encontrada no banheiro por uma funcionária da lan house, que imediatamente chamou uma ambulância. Contudo, ao invés de esperar os paramédicos chegarem, Xiao Li voltou para o seu lugar, sentou-se e continuou usando o PC normalmente. As pessoas em choque se assustaram (e não é para menos, afinal a garota ainda estava ligada à criança pelo cordão umbilical) e, segundo informações divulgadas por uma estação de TV local, as testemunhas informaram que a nova mamãe parecia estar bem calma e normal quando voltou para o seu lugar. Quando a ambulância chegou, Xiao Li se recusou a ser levada em uma maca e caminhou sozinha até o veículo. A moça afirmou que estava na lan house as quatro da manhã porque não tinha dinheiro para pagar um quarto de hotel e precisava esperar seu namorado — ok, acreditamos que ele entenderia se ela fosse esperar em um local mais adequado, como um hospital, não é?

Xbox One – Phil Spencer considera sugestões de ampliação de recursos offline

xbox-one-sem-kinectPor conta de todas as funcionalidades e possibilidades que a internet traz à mesa, estar sempre conectado é quase que uma exigência para que muitos dos programas de PC, apps mobile ou jogos de console rodem adequadamente. No caso dos videogames, a dependência do acesso à rede online das fabricantes é praticamente essencial, e, claro, o Xbox One e sua Live são um dos maiores exemplos nesse sentido. Mas será que tem como melhorar a capacidade offline do dispositivo da Microsoft? Se depender de Phil Spencer, sim. Embora as capacidades online do console sejam fantásticas, é só quando a internet cai ou quando você se esquece de pagar a conta do serviço que se descobre que diversas ferramentas e configurações do querido Xbox One não podem ser utilizadas. Com isso em mente, um internauta xingou muito no foi ao Twitter para perguntar ao chefão da divisão Xbox se um modo offline melhor chegaria algum dia para o Xbox One. Sempre ativo nas redes sociais, o executivo quis saber mais sobre o assunto. “Especificamente, qual recurso offline você gostaria de ver?”, respondeu Phil através de seu perfil na rede. Essa foi a deixa para que o autor do tweet original pedisse por consulta de Conquistas sem estar conectado, assim como criação de novos perfis e a capacidade de alterar o visual do sistema mesmo com a internet desligada. Dito isso, aparentemente a pergunta de Phil não foi retórica, já que ele confirmou que passaria as sugestões para a equipe de desenvolvimento do console. Outros internautas colocaram as manguinhas de fora e deram mais palpites para funções offline, como um suporte a jogatinas em rede mais robusto e a possibilidade de fixar os itens livremente na dashboard. Mesmo um pouco longe do assunto, um usuário brasileiro sugeriu ainda que deveria ser possível mudar a linguagem do sistema do aparelho sem alterar sua região – uma mão na roda para quem prefere experimentar títulos na sua língua original.

Ex-produtor de Mass Effect vai para a Microsoft cuidar do HoloLens

hololens3O projeto da Microsoft envolvendo hologramas e realidade virtual acaba de ganhar um reforço de peso. Casey Hudson, que trabalhou durante anos na BioWare, agora é o diretor criativo da plataforma HoloLens, que deve exibir algumas novidades na E3 2015. Hudson passou 15 anos como supervisor e produtor executivo da trilogia Mass Effect. Ele agora vai focar no desenvolvimento de games e da experiência em holografia do HoloLens, que utiliza um headset para criar as projeções. O chefe dele será Kudo Tsunoda, que é atual vice-presidente da filial Next Gen Experiences. Além de gerenciar projetos no HoloLens, ele trabalhará “com títulos inovadores para Xbox, ajudando a eles a conquistar sucesso por direção clara e visão criativa”.

Batman: Arkham Knight – Be the Batman [Live Action]

Novo vídeo de Assassin’s Creed Syndicate mostra brutalidade de golpes

Assassin’s Creed: Syndicate chega no dia 23 de outubro para PlayStation 4 e Xbox One. Enquanto isso, os fãs da série precisam se contentar com novos vídeos e informações que surgem durante as semanas. Agora, a Ubisoft divulgou no seu canal do YouTube um vídeo chamado “Welcome to the Family”, que significa “Bem vindo a família”. O estúdio que desenvolve o game está localizado em Quebec, mas outras sedes da Ubisoft também colocam a mão na massa. Syndicate vai se passar em uma Londres vitoriana durante o apogeu da Revolução Industrial. Ou seja, o game vai estar recheado de inovações, brigas de gangues, luta de classes e novos elementos que prometem tornar a jogabilidade muito mais atraente.

Microsoft quer reconquistar jogadores de PC, diz Phil Spencer

Com a promessa de benefícios como jogos acessíveis, cross-play com Xbox 360 e chats de texto e voz, o anúncio do Games for Windows Live (GfWL) certamente empolgou os gamers de PC quando foi feito há cerca de 8 anos. No entanto, o público logo percebeu que o pagamento anual de quase US$ 50 não acabava compensando pelo serviço difícil de usar e instável e a novidade da Microsoft rapidamente se tornou impopular. Recentemente, o chefe responsável pelo Xbox, Phil Spencer, reconheceu que o GfWL tem problemas, mas que a Microsoft planeja fazer tudo o que estiver ao seu alcance para reconquistar a confiança dos jogadores dos PCs. Em uma entrevista com o GameRadar, o executivo diz aceitar o ceticismo do público com relação a empresa no que diz respeito ao serviço fracassado. “Quando vim aqui para falar sobre esse assunto eu não trouxe vídeos exuberantes. Não estou tentando deslumbrar você com qualquer coisa além de ‘é aqui que estamos agora e aquilo é o que estamos tentando fazer’. E os kits de desenvolvimento de software já estão disponíveis”, explicou Spencer. A pergunta que não quer calar é se as mudanças que a Microsoft planejou para seu sistema vão bastar para competir com a atual supremacia do Steam – que já existia em 2007, mas não chegava nem perto do tamanho que tem hoje. Atualmente, somente opções como o Origin e o Uplay conseguiram garantir algum espaço no mercado de distribuição de jogos online, mas apenas porque a EA e a Ubisoft oferecerem vantagens para seus produtos nessas plataformas. Com base na fala de Spencer, ele parece pensar em um futuro similar para o GfWL. “Se você é um desenvolvedor do Xbox, há algumas ferramentas que estamos fornecendo para permitir que você passe sem transtornos do console para o PC. A Xbox Live e a Plataforma Universal de Apps serão úteis para esses caras”, pontua o chefão da Microsoft. Segundo o jornalista Joel Hruska, do ExtremeTech, o fato da Valve estar se aproximando do Linux e criando as Steam Machines também pode ter servido para “acordar” a empresa de Bill Gates. Agora, a empresa parece estar percebendo que pode se aproveitar de sua posição no mercado de jogos para unir os computadores e o Xbox em uma plataforma unificada.

Veja como poderia ter sido Doom 4 antes do reboot

O primeiro teaser de Doom 4 pode ter sido frustrante ou alucinante, dependendo da quantidade de referências que você conseguiu captar naquele curtíssimo vídeo. Agora, você já teve a curiosidade de saber como teria sido o jogo – ou pelo menos algumas cutscenes dele – se a id Software tivesse dado continuidade àquele projeto que foi cancelado? O resultado disso é o vídeo que abre essa matéria, divulgado pelo site DoomWorld e publicado pelo ex-diretor da id Software, Mark Bristol. A reprodução mostra como poderia ter sido Doom 4 se não tivesse sido cancelado, revelando um cenário apocalíptico que se passa na Terra (e não em Marte) e apresenta uma guerrilheira com provável protagonista. Para os que não lembram, Doom 4 foi cancelado pela Bethesda e pela id Software em 2012. Segundo apontam os fatos, essa versão do game foi cancelada porque não apresentava a qualidade que as empresas esperavam entregar para um game da série. E aí, concorda com essa afirmação? Vale lembrar que o reboot de Doom 4 vai ter uma pré-conferência da Bethesda durante a E3 2015.

Evolve já vendeu mais de 2 milhões de unidades

De acordo com informações divulgadas no balanço anual da desenvolvedora Take Two Interactive, Evolve já despachou mais de 2,5 milhões de cópias desde seu lançamento em fevereiro de 2015. A empresa comentou que esse número representa na verdade as vendas para os varejistas, ou seja, este valor não corresponde as unidades que foram realmente vendidas para o consumidor final. Cerca de 20% da soma foi originada pelas mídias digitais vendidas online. Karl Slatoff, presidente da companhia, disse que a produtora responsável, Turtle Rock Studios, vai continuar dando suporte ao jogo Evolve e pretende inclusive lançar novos conteúdos ao longo do ano em forma de DLC. Neste mesmo relatório referente ao ano fiscal de 2015, a Take Two Interactive anunciou o lançamento de WWE 2K16 e também de um novo título AAA.

Game_informer_evolve

Incríveis 52 milhões de cópias de GTA V já foram enviadas para venda

gta5-wall1A distribuidora Take-Two realizou uma conferência para investidores nesta última terça-feira (19) e, como você deve imaginar, as notícias não poderiam ser melhores. Os números da empresa são impressionantes e o grande culpado por eles não poderia ser outro: o fenômeno absoluto Grand Theft Auto V. De acordo com a Take-Two, foram enviadas 52 milhões de cópias do game para revendedoras em todo o mundo. A quantidade surpreendente se refere tanto a discos quanto a códigos de mídia digital. Entretanto, vale lembrar que ela não representa o número de games vendidos, mas o de disponibilizados para comércio. Ainda assim, alguém duvida de que esse tópico também não seja absurdamente alto? Durante a conferência, o CEO da Take-Two, Strauss Zelnick, reconheceu que esse foi um dos melhores anos de todos os tempos da companhia. “Durante o ano fiscal de 2015 (de 1º de abril de 2014 até 31 de março de 2015), nós lançamos sem problemas cinco títulos AAA para a temporada de fim de ano, liderados por GTA V e NBA 2K15, adicionando uma nova franquia com o sucesso de Evolve e conquistando uma receita recorde em entrega de títulos digitais, incluindo nossos maiores rendimentos relacionados aos gastos de consumidores”, afirmou o executivo. Vale lembrar que os tais 52 milhões também não incluem as cópias de GTA V para PC, que só lançou em abril de 2015, quando o ano fiscal de 2016 já estava em andamento. Ou seja, os números são ainda mais assustadores — e positivos — para a Take-Two.

Destiny: House of Wolves – Reef Cinematic

Mortal Kombat 10 – DLC Kold War

Enquete

Qual game de 2015 você está mais aguardando?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Gamerta do Dia

Log In - Usuário

Vendas globais

CALENDÁRIO

maio 2015
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Última Imagens

Wallpaper (588).jpg Wallpaper (587).jpg Wallpaper (586).jpg Wallpaper (585).jpg Wallpaper (584).jpg Wallpaper (583).jpg Wallpaper (582).jpg Wallpaper (581).jpg Wallpaper (580).jpg Wallpaper (579).jpg Wallpaper (578).jpg Wallpaper (577).jpg Wallpaper (576).jpg Wallpaper (575).jpg Wallpaper (574).jpg Wallpaper (573).jpg Wallpaper (572).jpg Wallpaper (571).jpg Wallpaper (570).jpg Wallpaper (569).jpg Wallpaper (568).jpg

ARQUIVOS 2009-2014

GUB no facebook

GUB no twitter

Twitter - @games_universe