Titanfall: se está divertindo, não me importo com lucro, diz produtor

Titanfall_E3_002.jpgTitanfall já está por aí há algum tempo e caiu no gosto do público. Porém, ainda que muitas pessoas não tivessem comprado o game, Drew McCoy, produtor do jogo, estaria feliz se o título apenas cumprisse sua missão de divertir. “Não sei se está dando lucro. Não sei se está atendendo às expectativas de vendas. Eu realmente não me importo. O que me importa é que trabalhei em um game que eu posso sentar e me divertir jogando. O fato de as pessoas gostarem dele é o suficiente para continuar oferecendo suporte a ele como estúdio, isso para mim é sucesso. Fazemos jogos porque gostamos deles e queremos que outras pessoas joguem conosco”, explicou McCoy ao site GameSpot. Sobre o fato de o game seguir por um caminho que apresenta um multiplayer com porções de campanha, foi dito que a Respawn decidiu dar vida a essa ideia após ver que muitos que compraram jogos nos quais os profissionais do estúdio trabalharam nunca terminaram a história principal. Além disso, a equipe quis dar vida a algo diferente, em vez de simplesmente “copiar e colar” muito do que já existe por aí. “Não sei se nós quebramos esse conceito. As pessoas ainda irão fazer campanhas single player cinematográficas de cinco ou seis horas, eles vão fazer o multiplayer e talvez um cooperativo que ficará entre os dois. Eles ainda vão colocar 600 pessoas no projeto, e pensar nos valores de produção para o bem do jogo. Porém, muitas vezes eles [os jogos] não vão bem porque a ideia até era boa, mas não tentaram nada novo”, concluiu o produtor de Titanfall.

Codemasters sugere anúncio de novo GRID para a próxima semana

codemasters_logoDepois de algumas mensagens enigmáticas, eis que a Codemasters provocou seus fans mais uma vez. Desta vez, no entanto, ela já foi um pouco mais clara e trouxe um vídeo que sugere nada menos do que um novo game da série GRID. O teaser trailer, batizado de “Brace Yourselves… Race is Coming”, foi publicado no canal do game no YouTube — o que, por si só, já é uma enorme confirmação. Só resta saber se será GRID 3 ou algum spin-off. Além disso, a apresentação traz uma data em seus segundos finais. Não precisa ser nenhum gênio para sacar que o dia 22 de abril foi o dia escolhido pela Codemasters para fazer o anúncio oficial. Enquanto isso, continuamos esperando e na torcida que seja mesmo uma sequência.

Project Totem – Trailer

Deadlight já está disponível de graça para os assinantes da LIVE

Se você é assinante Gold da Xbox LIVE, não perca mais tempo. Dando continuidade ao programa Games with Gold, a Microsoft liberou nesta quarta-feira o jogo Deadlight gratuitamente a todos os membros do serviço. O título mistura o gênero plataforma com a luta pela sobrevivência em um mundo tomado por zumbis, criando uma dinâmica diferente e bem interessante. Não é à toa que o game arrancou elogios do Fábio em nossa análise, recebendo uma excelente nota 90. Deadlight é o segundo jogo de abril a aparecer no Games with Gold. Disponível até o dia 30 de abril, ele chega para substituir o também ótimo Hitman Absolution, que esteve disponível na primeira quinzena deste mês.

Microsoft registra a marca “Screamride”

microsoft-game-studiosNo último dia 9 de abril, a Microsoft registrou a marca Screamride junto ao órgão responsável por cadastros assim nos EUA, o United States Patent & Trademark Office. Como não é necessário inserir detalhes profundos a respeito do título, apenas “online computer game” foi preenchido no formulário de cadastro. Dessa forma, supõe-se que se trata de um jogo para Xbox, seja o 360 ou o One. O site Gamespot entrou em contato com a empresa e conseguiu a seguinte declaração (em tradução livre): “A Microsoft frequentemente adquire várias marcas como parte da sua atual estratégia de negócios, mas não temos comentários além disso”. Ou seja, isso parece ser um balde de água fria para quem se empolgou com a ideia de uma nova franquia. Apenas em março, duas outras marcas foram registradas (“Snap Attack” e “Secrets and Treasure”), confirmando a declaração da empresa.

Call of Duty: Ghosts – Devastation [Sponsored Gameplay]

Risen 3: Titan Lords – Trailer

The Amazing Spider-Man 2 pode não chegar mais ao Xbox One

Se você já estava contando os dias para conferir The Amazing Spider-Man 2 em seu Xbox One, eis uma notícia que pode azedar seu feriado de Páscoa. A Activision simplesmente adiou a versão do game para o console, agendado inicialmente para o próximo dia 29. E não se trata apenas de um atraso como tantos outros, mas de um grande ponto de interrogação, já que a chegada do Cabeça de Teia ao sistema de nova geração da Microsoft se transformou em uma enorme incógnita. Procurada pelo site MCV, a empresa afirmou que está revisando os planos de lançar o game no Xbox One e que nem sabe mesmo se isso vai realmente acontecer. A Activision não explicou o porquê dessa remoção repentina. No entanto, ela já fez questão de retirar a plataforma da lista de consoles disponíveis no site oficial do game e várias lojas alteraram a data de entrega dos produtos em pré-venda.

Amazing_Spider_Man2_capa

ULTRA – Trailer

Diretor de Titanfall pretende atualizar o jogo com mais frequência

titanfall_with_beta

Os fans de Titanfall receberam uma atualização nos últimos dias, mas a Respawn Entertainment quer tornar os cuidados com o jogo cada vez mais frequentes a partir de agora. Segundo uma postagem no blog oficial do título, o diretor Steve Fukuda anunciou que planeja lançar mais frequentemente os pacotes com mudanças – principalmente porque, segundo ele, a empresa está deixando o papel de “criadora do jogo” para oferecer mais suporte aos jogadores. Nestas expectativas de melhorar cada vez mais o jogo, a listou três dos objetivos que o estúdio trabalhará para as próximas atualizações. Segundo ele, o primeiro deles será dar mais atenção aos ajustes do jogo, principalmente no que se refere aos bugs e balanceamentos. Mas o diretor ainda deixa claro que as atualizações também trarão novidades. Um dos grandes focos da equipe agora é trabalhar nas pequenas ferramentas que deixam a vida do jogador mais agradável e que oferecem uma melhor experiência de jogo. Fukuda ainda citou neste objetivo algumas das novidades que estão vindo. Entre eles está a possibilidade de nomear equipamentos e especificá-los para determinados tipos de jogo, além de um filtro de desafios que mostram os mais pertos de serem completos e a visualização de seu último placar nas salas de espera.

Por último haverá novidades na infraestrutura e no espírito competitivo que envolvem o jogo. O recente lançamento das partidas customizadas se encaixa nessa categoria, mas o diretor garantiu que o estúdio também está trabalhando para tornar o jogo mais variado neste novo modo. Ainda segundo ele, mais conteúdos adicionais estarão disponíveis em breve, e dentre eles estarão mapas, insígnias e cartas. Recentemente a Respawn anunciou um pacote com novos cenários, mas parece que o estúdio está buscando refinar cada vez mais o seu título em vez de partir para um novo jogo – afinal, segundo o próprio fundador, eles não sabem o que fazer depois de finalizar Titanfall.

Alien: Isolation – Developer Diary [Lo-fi Sci-fi]

Call of Duty: Ghosts – Snoop Dogg [Voice Pack]

2014 FIFA World Cup Brazil – Introdução

Último DLC de Borderlands 2 é lançado hoje

borderlands2_DeluxeO quinto e último DLC de Borderlands 2 finalmente está disponível, batizado de Hammerlock vs. The Son of Crawmerax. O pacote pode ser adquirido por U$ 2,99 e é encontrado no PlayStation 3, Xbox 360, Mac e Windows PC – nesses dois últimos, através do serviço Steam. Sir Hammerlock Versus the Son of Crawmerax leva os veteranos da série Brick, Lilith, Hammerlock e Mordecai para a ilha de Wam Bam Island. Embora tenham ido apenas para passar umas férias, a viagem não sai exatamente conforme o esperado. “Inicialmente, tudo parece pacífico, enquanto Sir Hammerlock mostra sua cerveja caseira e fala sobre seu último rastreamento Varkid”, diz o anúncio oficial da publicadora. O enredo do DLC gira em torno de Crawmerax Jr., filho do caranguejo-verme original que foi morto na expansão The Secret Armory of General Knoxx.

Estúdio de Castle Crashers está desenvolvendo novo título de Xbox One

microsoft-xbox-one-review-controller-top-buttons.jpg

O estúdio Behemoth, responsável pelo título bem-sucedido Castle Crashers e  BattleBlock Theater, está trabalhando em um projeto exclusivo para o Xbox One, segundo o site Destructoid. Praticamente nenhum detalhe desse misterioso título foi revelado, sendo que tudo que sabemos é que o título provisório é “Game 4”. Além disso, uma arte conceitual bastante peculiar foi liberada, como você pode ver no topo do texto (tente entender exatamente o que é esse ser). Devido ao histórico do estúdio Behemoth, pode levar bastante tempo para termos maiores informações sobre o novo título.

Além de The Division, Ubisoft Massive já trabalha em projetos futuros

Ubisoft-boothAinda falta um bom tempo para que possamos conferir o que a Ubisoft Massive reserva para The Division. No entanto, apesar de ainda ter muito o que fazer com o jogo, o game apresentado na última E3 não é o único projeto do estúdio, que revelou ter outros títulos sendo desenvolvido em paralelo. Questionado pelo site The Examiner sobre os planos da produtora após o lançamento do game, o diretor de marca da empresa afirmou que já há outros trabalhos em andamento e que ainda não foram anunciados. De acordo com David Polfeldt, uma das coisas mais interessantes de trabalhar com a Ubisoft é a possibilidade de experimentar e testar coisas novas. Sobre esses “protótipos”, ele explica que alguns deles estão seguindo por um caminho bem interessante e que podem muito bem ser explorados no futuro. Poldeldt conta que esses projetos foram colocados temporariamente de lado por conta do desenvolvimento de The Division, mas garante que há algumas ideias encubadas que podem virar algo grande com a atenção merecida.

Rocksmith 2014 Edition – DLC Garbage

Plants vs. Zombies: Garden Warfare – DLC Zomboss Down [FREE]

Respawn ainda não sabe o que vai fazer após Titanfall

Titanfall_E3_002.jpg

Responsável pelo excelente Titanfall, a Respawn Entertainment ainda não sabe no que vai trabalhar agora que o projeto finalmente foi lançado. Questionado durante um painel na PAX East, o fundador do estúdio, Vince Zampella, afirmou que atualmente a empresa está focada em dar um suporte bastante prolongado ao game de tiro. Dessa forma, parece que ainda vai demorar um tempo considerável até ouvirmos notícias concretas sobre o futuro da companhia. Embora osdo título possam ficar um pouco desapontados com isso (afinal, sempre queremos mais de algo comprovadamente bom), em matéria de desenvolvimento a notícia soa como algo positivo. Ao que tudo indica, a Respawn pretende contrariar o mercado que aposta em sequências anuais cada vez mais diluídas de títulos de sucesso, apostando em oferecer uma experiência divertida àqueles que investiram em um produto já disponível no mercado. A expectativa é a de que o primeiro DLC que adiciona conteúdos adicionais a Titanfall seja lançado em algum momento do mês que vem.

Grave – Horror em primeira é o tema deste game indie para PC e Xbox One

Originalmente confirmado para PCs e com suporte ao Oculus Rift, Grave agora poderá ser lançado também para o Xbox One. O jogo de horror em primeira pessoa, que depende do programa de financiamento coletivo Kickstarter para ser finalizado, investe em variações de cenários mescladas à existência de criaturas que se alimentam de sombras. “Grave é um jogo de mundo aberto, surrealista e de sobrevivência, com uma experiência de horror em que sua arma é a luz e onde a realidade está em constante mudança”, diz o estúdio Broken Window. O mecanismo de variação de tempo é constante em Grave. E a cada nascer do sol, diferentes ambientes são apresentados aos jogadores: novas casas, montanhas e objetos são acrescentados de forma aleatória ao tal mundo surreal. Ao cair da noite, monstros de natureza desconhecida vivem ao se alimentar de escuridão. Armado de lanternas ou fósforos, seu objetivo é manter-se vivo: aponte um flash de luz para as esquálidas criaturas e as desintegre. “Outra coisa que sabemos é que Grave vai homenagear e reinventar o gênero clássico de sobrevivência/horror. Queremos trazer confrontos, o modo sobrevivência e o uso de itens de volta ao horror com um ‘toque’ moderno”, afirma a desenvolvedora. “E [os itens adquiridos pelos jogadores] não irão deixá-los mais fortes, mas poderão proporcionar ‘o aperfeiçoamento da astúcia dos sobreviventes’”.

Enquete

Pra você qual game é o mais esperado de 2014 para o Xbox One?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Gamerta do Dia

Quem está Online

16 visitantes online agora
2 visitantes, 14 bots, 0 membros

Log In - Usuário

Vendas globais

CALENDÁRIO

abril 2014
D S T Q Q S S
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

ARQUIVOS 2009-2014

GUB no facebook

GUB no twitter

Twitter - @games_universe