Batman Arkham Knight – Superman Easter Eggs

Microtransações vão ajudar novatos em Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

metalgearsolid1Já faz algum tempo que os fãs de Metal Gear estão ouvindo falar sobre microtransações em Metal Gear Solid V: The Phantom Pain. Clareando um pouco mais as ideias dos jogadores, Robert Peeler, gerente de comunidade de Metal Gear Solid, explicou um pouco sobre a ideia por trás dessa iniciativa. Falando com o youtuber conhecido como Angry Joe, Peeler ressaltou que as microtransações estão no game para ajudar aqueles que estão com problemas, além de ser algo totalmente opcional e que foi feito pensando naqueles que vão dar os primeiros passos na série a partir do próximo título. Também foi mencionado que como essa proposta foi adicionada ao game para facilitar um pouco as coisas, aqueles que já conhecem a série há algum tempo e se consideram jogadores hardcore dificilmente vão usar os recursos oferecidos por dinheiro real – que, vale lembrar, podem ser obtidos normalmente dentro do jogo. Metal Gear Solid V: The Phantom Pain estará disponível para PlayStation 4, PlayStation 3, PC, Xbox One e Xbox 360 a partir de 1º de setembro.

Suposta foto da WB Games Montreal revela game do Superman em mundo aberto

Há menos de uma semana, uma nova oportunidade de carreira na Warner Bros. Montreal, o estúdio responsável por Batman: Arkham Origins, revelou que a empresa estava trabalhando em uma nova IP misteriosa de mundo aberto. Agora, uma fotografia supostamente vazada do jogo dá a entender que o título se trata de uma nova franquia de um dos heróis mais poderosos e famosos do Universo DC, Superman. Na imagem, podemos ver o modelo do sobrevivente de Krypton no que aprece ser uma tela de escolha de roupas para o personagem, usando sua skin dos Novos 52. Além de fornecer um breve resumo da história do herói, a tela lista várias de suas habilidades sobre-humanas e também sua fraqueza contra kryptonita. A fotografia foi vazada por meio do perfil do Twitter do Gaming Humour & News. “RUMOR: possível foto vazada de um jogo do Superman em produção na WB Games Montreal (Arkham Origins). Pensamentos?”, diz o texto da mensagem que acompanha a imagem na rede social. Embora a perspectiva do novo jogo pareça promissora, vale ressaltar as similaridades existentes entre o modelo na foto vazada e a versão do herói que aparece em Injustice. Ainda é possível que a semelhança se deva ao fato de ambos estarem usando a skin com a aparência do Superman dos Novos 52, mas o fato de até mesmo o cabelo do personagem parecer igual reforça a hipótese de que o vazamento seja falso.

superman_twitter

Como foi planejado o Batmóvel em Batman: Arkham Knight? O diretor responde

Batmobile_Batman_vs_SupermanQuem está jogando o mais novo game do homem-morcego, Batman: Arkham Knight, com certeza está adorando percorrer as obscuras ruas de Gotham City com o icônico Batmóvel — mesmo ele sendo um tanto “mortal demais” para o gosto do nosso “pacato” protagonista, Bruce Wayne. Apesar de o design do carrão não ter agradado a todos os fãs, temos que admitir que o brinquedinho quebra um galhão na hora de enfrentar os inimigos. Em entrevista à revista Edge, o diretor do game, Sefton Hill, explica que isso era exatamente o que ele pretendia. “Queríamos fazer com que o Batmóvel fosse uma extensão do herói, e não apenas uma de suas ferramentas”, revela. O Hill afirma que ele e Adam Doherty, diretor de programação, tinham muitas ideias para o veículo, mas queriam ter certeza de que todas elas seriam usadas e aproveitadas pelos jogadores em várias situações do jogo. Por isso, o carango passou por diversas transformações antes de se tornar a fera que vemos “voar” pelas ruas de Gotham. “Ele (o Batmóvel) tinha que se comportar diferente dependendo da situação, se no modo perseguição ou no modo batalha. Contudo, nós tínhamos uma regra: se não ficasse bom o suficiente, nós não o incluiríamos na versão final do game, por isso alguns recursos foram descartados”, completa o diretor. Se você terminou o game, mas já está com saudades de pilotar a máquina ou só de sair por aí dando porrada, fique tranquilo, afinal o primeiro DLC, intitulado A Matter of Family, já está chegando.

Mortal Kombat X – DLC Predator

Lembra do abusivo preço do PS3? Microsoft comemorou na época

Xbox-One-Vs-PS4A disputa pela supremacia das marcas é ferrenha. E nós, consumidores, somos aqueles que ganham nessa história. Afinal de contas, uma marca é “forçada” pela outra a fazer mais, a fazer melhor, a oferecer serviços e conteúdos que seduzam os consumidores e os convençam a comprar um determinado produto. Microsoft e Sony se digladiam desde a era PS2/Xbox, enquanto a Nintendo preferiu sair dessa disputa para seguir seu próprio caminho. O preço do PS3, quando anunciado, foi uma bica. E a empresa de Bill Gates comemorou isso. Para quem não se lembra, o Xbox 360 reinou boa parte da geração passada e fez a Sony correr atrás do prejuízo com ostentadores US$ 600 por um PlayStation 3. A gigante japonesa viu que falta de humildade não leva a nada, baixou a bola e aí trouxe um serviço que todos vocês conhecem: o PlayStation Plus. Peter Moore relembrou esses e outros aspectos do tempo em que atuou como um dos principais nomes da Microsoft, em especial no período do Xbox 360. “Primeiro era preciso acertar no nome e depois acertas nas especificações e depois acertar com o comando e depois na promoção do console. Era preciso posicioná-lo [o Xbox 360] de forma única”, contou. A gigante norte-americana nunca escondeu sua preferência por um sistema que tivesse um forte caráter multimídia e, nesse sentido, o Xbox 360 foi um calcanhar de Aquiles para a inovação da categoria. “O que planejamos foi o Xbox 360 como uma experiência de entretenimento viva movida por energia humana. (…) O elemento humano se manifesta na Xbox LIVE, mas essa experiência viva de entretenimento seria maior do que os jogos em si. Os jogos eram o principal, claro, mas o aparelho eventualmente poderia tocar música, reproduzir filmes, e essa era a grande diferença”, endossou o executivo. O intuito de “lançar antes” era uma das cláusulas da Microsoft. E sim, o Xbox 360 chegou um ano antes do concorrente PlayStation 3.

“Precisávamos lançar primeiro, precisávamos acertar no preço, precisávamos de um alinhamento inicial poderoso e tínhamos que fugir da ideia de uma plataforma [apenas] de shooters, isso foi um desafio. Precisávamos ser mais convidativos e então criamos a frase ‘Jump in’”, explicou Moore. Para quem não se lembra, a frase emblemática foi destaque em várias campanhas de marketing da Microsoft para o Xbox 360, inclusive no Brasil. Quando a Sony anunciou o preço do PS4 na E3 2013, os jogadores devem se lembrar dos calorosos aplausos da plateia presente na pré-conferência da empresa para o maior evento de games do mundo. O console foi anunciado a US$ 399, o que representa US$ 100 a menos que o Xbox One com o Kinect, à época. Mas a empresa japonesa demorou para atingir essa humildade. O PS3 foi anunciado a abusivos US$ 600, e isso causou um rebuliço de comemoração nos bastidores da Microsoft. “Me lembro da E3 2006, quando Jack Tretton e Kaz Kirai anunciaram [o aparelho] a US$ 599 e estávamos todos no backstage festejando… hooo hooo! Sabíamos, à época, que teríamos a oportunidade de chegar à liderança e traçar o caminho com os nossos jogos. E eu disse que o primeiro a alcançar os 10 milhões ganhava”, afirmou. O PS3 ostentava um leitor de blu-ray, o primeiro produto do mercado a oferecer essa tecnologia, e a Sony batia nessa tecla como justificativa. Mas depois a mesa virou, algo que reflete a montanha-russa que é esse mercado. Hoje, o PS4 lidera o mercado com folga, e a Microsoft aplica esforços válidos a toda a comunidade sob a batuta de Phil Spencer, que se diz “um jogador no comando”. Tanto que o Xbox One responde à altura com preços convidativos, ótimas opções multimídia e um line-up de exclusivos altamente competente.

Batman: fã descobre arquivos que indicam diversos DLCs para Arkham Knight


Batman_arkham_nightBatman: Arkham Knight
 pode ganhar uma série de novos DLCs em breve. Ao menos é isso o que indica um fã do game, em uma postagem do Reddit, que disse ter encontrado uma série de arquivos em meio aos dados da versão de PC do título. Os tipos de conteúdo que os arquivos sugerem são muitos. Entre os nomes listados, é possível encontrar menções a momentos famosos do Homem-Morcego, como os Batmans de Alex Ross, de 1990, dos Novos 52, de Beyond, de Jim Lee, de Dark Knight Returns… Enfim, há um bom número deles, como você deve ter percebido. Essas não são as únicas menções descobertas, é claro. Além de outras versões de Robin (Tim Drake; Damien Wayne; da série de TV), Batgirl (de Bruce Timm; dos Novos 52; da série de TV), Mulher-Gato (do desenho de 1990) e Asa Noturna (em seu visual clássico e dos Novos 52), foram encontrados arquivos de novas missões AR para Asa Noturna, Capuz Vermelho e Robin. Não há como negar que tanto conteúdo tem potencial, mesmo que, em boa parte, estejamos falando apenas de simples skins (já comuns em toda a série). O fato de que um DLC focado na própria Batgirl está atualmente em desenvolvimento, é claro, só ajuda a acreditarmos que mais conteúdo não vai demorar a surgir. Mesmo assim, é importante lembrar que tudo isso se tratam apenas de rumores, sem qualquer informação oficial por parte da Rocksteady ou da própria Warner. Isso sem falar que, mesmo se todos esses itens forem reais, podemos estar apenas vendo conteúdos abandonados pela desenvolvedora, que sobraram apenas na forma de códigos abandonados. Seja como for, não devemos ter que esperar muito para descobrir se isso existe ou não – mesmo que o polêmico caso da versão de PC malfeita tenha garantido atrasos para o desenvolvimento de novo conteúdo para Arkham Knight. Agora é torcer que todo esse conteúdo seja disponibilizado na forma de um Season Pass.

Microsoft nem considerou a Nintendo quando lançou o Xbox 360

Xbox_360_art_by_moiseshenriqueParece que um recente podcast do IGN foi mais interessante do que poderíamos imaginar. Numa só tacada, Peter Moore, em bate-papo com o pessoal do veículo e Seamus Brackely, criador do primeiro Xbox, falou tudo o que podia e mais um pouco. Phil Spencer também participou da ocasião. Os industrialistas relembraram os tempos áureos do Xbox 360, os esforços aplicados para combater a Sony (com o concorrente PlayStation 3) e até citaram a Nintendo, que saiu dessa disputa faz tempo. Tanto que a Big N não incomodou nem um pouco a Microsoft no período de lançamento do Xbox 360, a ponto de a empresa de Bill Gates nem sequer considerar a Nintendo. O foco da empresa norte-americana era enfrentar a Sony, única e exclusivamente. A razão para isso teria sido o relativo insucesso do GameCube para a dona do Mario, algo que descreditou a companhia japonesa e fez a Microsoft ignorá-la completamente da competição. “Aquele foi um dos maiores momentos da minha carreira [lançamento do Xbox 360]. Tínhamos de construir uma equipe porque ela iria crescer. Colocamos o primeiro Xbox para dormir prematuramente, tínhamos de nos preparar para isso [chegada do Xbox 360] e sabíamos o que fazer.(…) Não sei se você se lembra disso, Phil [Spencer], nós ignoramos completamente a Nintendo porque eles haviam lançado o GameCube e ele foi um desastre”, contou Moore. Em complemento ao que Moore disse, Spencer foi enfático ao falar sobre o Wii. “Eles destruíram nós dois [Xbox 360 e PlayStation 3]”, afirmou. “Sim, com o Wii”, continuou Moore. “Mas nós guerreamos por três dias, vendo o que era possível fazer, como se parecem os títulos de lançamento, quais são os orçamentos de marketing, qual será o posicionamento da empresa. Foi uma experiência fascinante da qual nunca irei me esquecer. E foi há uma década. Na verdade eu até fingi ser o Ken [Kutaragi, um dos principais nomes da marca PlayStation] com o objetivo de destruir o lançamento do Xbox 360”, declarou. Nesse mesmo podcast, Peter Moore contou que a Microsoft comemorou o abusivo preço de US$ 600 do PS3, pois isso facilitou muita coisa para a empresa, do ponto de vista do marketing e do alcance de mercado. abaixo.

WWE 2K16 Cover Superstar – Announcement – Trailer do anúncio

Need for Speed – Gameplay Demo

Jogador se infiltra em produtora e descobre game inédito

cybercrimeVia de regra, empresas não permitem que terceiros entrem em seus escritórios, seja por questão de segurança ou para manter a privacidade de algum projeto. Porém, sempre há alguém esperto o suficiente para tentar invadir o espaço alheio, e foi isso que aconteceu com a Digital Extremes, que trabalhou em Warframe. Em uma mensagem que foi publicada ontem no site Reddit (e posteriormente removida pela moderação do site, mas confirmada pela equipe do Kotaku), um usuário conhecido como UndercoverLegend escreveu como conseguiu entrar no escritório da produtora e, de quebra, descobrir que eles estão trabalhando em um game chamado Keystone. Estou na cola da Digital Extremes há alguns anos, sabia que eles estavam em Londres, Ontario e Canadá, mas não sabia exatamente onde. Eles estavam se escondendo de nós há tempos, sem explicação de onde estavam. Mas eu achei eles. Como eu descobri? Bem, se você vai alto o bastante há uma estátua de Tenno! Você pode vê-la claramente, e também o local de onde eles fazem transmissões pela janela. As portas são todas abertas com digitais, bem legal haha. Mas eu simplesmente segui um cara tatuado pela porta depois que ela abriu. Ele sequer me fez alguma pergunta. Eu estava com a minha camiseta de Doctor Who e fiz o meu melhor para me misturar com eles. Ninguém me perguntou se eu trabalhava lá, eu simplesmente sentei nas cadeiras e fiquei me movendo pelo escritório. Ao meio-dia a mulher do almoço disse que a comida estava pronta no refeitório e eu me juntei à fila. Havia vários pratos e você só precisa pegar a comida, como em um buffet. Eu sentei lá, aproveitei o meu almoço grátis e comecei a conversar com algumas pessoas. Eles me contaram que estavam trabalhando em um novo jogo chamado Keystone. Disseram que é um FPS com cartas (talvez no estilo de Magic the Gathering), mas não explicaram muito sobre isso. A sala de testes tem vários bonecos e é repleta de animais. Não havia nenhum guarda e ninguém perguntou quem eu era. Eles simplesmente deduziram que eu fazia parte da equipe e me contaram sobre o seu jogo secreto. Às 18h as pessoas deixaram o escritório, eu apenas os segui e então um cara me disse ‘vejo você amanhã’. Eu concordei.

Após o ocorrido, Rebeca Ford, gerente de comunidade da Digital Extremes, publicou uma mensagem no fórum oficial de Warframe comentando sobre o ocorrido no escritório da produtora. Há uma mensagem de um fã circulando a rede e dizendo que ele ou ela passou o dia conosco de forma incógnita. Bem, canadenses são conhecidos por serem receptivos e educados. Empregamos mais de 200 jogadores aficionados e comprometidos em entregar games fantásticos como Warframe e Sword Coast Legends. Apesar de estarmos lisonjeados com alguém querendo passar o dia conosco, gostaríamos que respeitassem a nossa privacidade e, sabendo disso, como em qualquer outra empresa, nós não apoiamos qualquer tentativa de entrar em nosso Relay. Amamos o nosso Tenno, mas vamos manter o respeito e obedecer a lei. Invadir um lugar não é algo legal.

Ultimate Game Sale começa na semana que vem

Os donos de Xbox One e Xbox 360 já podem começar a juntar suas moedinhas e preparar a lista de compras para os próximos dias. Isso porque a Microsoft revelou os planos para a próxima Xbox Ultimate Game Sale, que acontece entre os dias 7 e 13 de julho. A previsão é de descontos entre 40% e 50% para mais de 70 títulos. A promoção é global, ou seja, tanto a Live americana como a nacional vão aderir aos descontos. Além disso, é possível economizar 10% adicionais através do programa de descontos Gold. O vídeo de anúncio da promoção revela diversos jogos que terão seus preços cortados pela metade, entre eles Far Cry 4, Diablo 3, Mortal Kombat X, Titanfall,  Dragon Age: Inquisition e Goat Simulator.

Predador se junta ao elenco de Mortal Kombat X

Quem adquiriu o Kombat Pack DLC pass vai ser capaz de jogar com o personagem Predador em Mortal Kombat X no dia 7 de julho, terça-feira. Será possível ainda comprar o personagem separadamente no dia 14 do mesmo mês. O terceiro DLC do jogo, intitulado “HunterPrey Pack”, além de desbloquear o monstro como personagem jogável, vai liberar uma roupa extra para o personagem Jax baseada no ator Carl Weathers, que interpretou o herói Dillon no primeiro filme da série. O DLC também oferece diversas referências que vão agradar aos fãs dos filmes do alienígena. Um exemplo visto no vídeo é o uso de seu clássico chakram para finalizar o seu primeiro fatality. Além disso, entre os seus três estilos de luta, um será o da sub-raça Hish-qu-Ten – a mais brutal de sua espécie, presente no filme “Predadores” de 2010.

Mulheres que jogam games violentos se acham namoradas melhores, diz estudo

madden-girls-nfl-xboxUm novo estudo realizado por cientistas da Universidade de South Wales (USW), na Austrália, constatou que a motivação de muitas pessoas na hora de jogar títulos violentos de videogame está fortemente relacionada ao desejo por relações sexuais. Além disso, a pesquisa indica que, no caso das mulheres, curtir um jogos cheio de tiros, explosões e sangue faz com que se sintam mais atraentes para o sexo oposto. Para realizar o trabalho, o cientista evolucionário Michael Kasumovic e Tom Denson, professor associado de psicologia da USW, entrevistaram 500 homens e mulheres estadunidenses adultos que se consideram gamers. Os estudiosos inicialmente pediram que cada candidato indicasse os cinco games que jogaram mais recentemente e explicassem quão violentos acharam que esses títulos eram. Embora os homens realmente tenham demonstrado gostar mais de jogos cheios de violência do que as mulheres, os pesquisadores revelam que a diferença entre os sexos não foi tão grande quanto os estereótipos costumam sugerir. Na sequência, os cientistas fizeram perguntas para medir o interesse de cada participante por relações sexuais e pediram que os voluntários avaliassem seu próprio valor como namorados em potencial. “O que descobrimos é que o desejo sexual está relacionado ao ato de jogar games violentos. Tanto os homens quanto as mulheres que disseram ser mais interessados por sexo costumam se divertir mais com títulos do tipo. Mas o mais interessante foi o que vimos quando olhamos para o ‘valor como parceiro”, explicaram os pesquisadores no estudo.

Embora os cientistas não tenham encontrado qualquer relação entre a quantidade de games violentos que os homens jogam e a forma como pensam de si mesmos como namorados em potencial, o mesmo não pode ser dito das mulheres. Segundo Kasumovic e Denson, a relação entre os dois fatores foi forte no sexo feminino, com as participantes que curtem títulos violentos claramente se considerando “partidos melhores” do que as que preferem outros tipos de jogos. Para confirmar os resultados, os cientistas repetiram a pesquisa com mais 500 participantes e aproveitaram para pedir que os voluntários avaliassem o quanto as jogatinas fazem com que se sintam fortes, atraentes e sensuais. “Parece que as mulheres eram levadas aos games porque isso melhorava a percepção de si mesmas como parceiras românticas de alta qualidade”, afirmam os estudiosos. Kasumovic e Denson afirmam que o achado faz sentido do ponto de vista evolutivo, já que, assim como qualquer animal, as pessoas que conseguiam competir melhor para conseguir suprimentos e parceiros acabavam tendo mais filhos. Dessa forma, aqueles que desejam ter acesso a uma variedade maior de pretendentes precisam ser competitivas o suficiente para ter acesso a eles. “Então, os jogos violentos podem estar ativando alguma inclinação ancestral para comportamentos competitivos que servem para provarem seus próprios valores como companheiras”, desenvolve o estudo. Como os games do tipo costumam proporcionar uma arena virtual que permite que homens e mulheres possam competir de igual para igual, Kasumovic e Denson nomearam seu achado de “hipótese da prática de dominância”. E você, acha que as garotas gamers realmente costumam se achar namoradas melhores do que as que não jogam? Acredita que a pesquisa é generalista e não possui qualquer utilidade prática?

F1 2015 – Trailer [Features]

Treyarch’s Zombies – Coral Zombie [Elena Siegman]

DLC para Batman: Arkham Knight estrelado por Batgirl chega neste mês

batman_skinsHá algum tempo, a produtora Rocksteady e a Warner Bros. anunciaram que Batman: Arkham Knight iria receber um DLC focado em Batgirl intitulado A Matter of Family. Para aqueles que estavam de olho nessa oferta e ansiosos para conferir o conteúdo desse pacote, boa notícia: não será preciso esperar muito. Aqueles que possuem o Season Pass do game vão poder baixar o pacote gratuitamente a partir de 14 de julho, enquanto os demais jogadores terão que esperar até 21 de julho. Caso se enquadre no segundo grupo, ainda não há informações do preço do extra para os Estados Unidos, mas foi revelado que, no Reino Unido, ele vai custar 5,79 libras. De acordo com as informações divulgadas, no pacote em questão os jogadores serão convidados a visitar uma nova localidade que esconde múltiplas missões, quests paralelas e segredos. Também há um novo mecanismo que envolve hackear coisas para resolver quebra-cabeças, e Robin estará disponível para ajudar a personagem no sistema Dual Play. Batman: Arkham Knight está disponível em versões para PC, Xbox One e PlayStation 4.

The Division – Dark Zone

FIFA 16 – Gameplay Features [Lionel Messi]

Turn 10 anuncia mais de 30 carros novos para Forza Motorsport 6

forza_5-wide.jpgO estúdio Turn 10 anunciou na última quarta-feira (primeiro) mais de 30 novos carros que vão fazer parte de Forza Motorsport 6. A principal novidade fica pela inclusão de todos os veículos que atualmente fazem parte da temporada 2014/2015 da Formula E da FIA. Esse deve ser somente o primeiro de uma série de anúncios relacionados aos veículos que vão estar presentes na nova versão do jogo de corrida. Durante a E3 deste ano, a Microsoft revelou que os jogadores de Forza 6 vão ter a disposição uma lista com nada  menos que 450 opções. Confira a lista completa dos veículos anunciados:

  • 2015 Formula E #55 Amlin Aguri Spark SRT_01E
  • 2015 Formula E #11 ABT FE 01
  • 2015 Formula E #10 Trulli Spark SRT_01E
  • 2015 Formula E #99 NEXTEV TCR FE01
  • 2015 Formula E #27 Andretti Formula E Spark SRT_01E
  • 2015 Formula E #23 Venturi 12015
  • 2015 Formula E #21 Mahindra M2Electro2015
  • 2015 Formula E #9 e.dams-Renault Spark SRT_01E2015
  • 2015 Formula E #6 Dragon Racing Spark SRT_01E2015
  • 2015 Formula E #2 Virgin Racing VIR 01E
  • 2002 Ferrari Enzo Ferrari
  • 1965 Shelby Cobra 427 S/C
  • 1985 Toyota Sprinter Trueno GT Apex
  • 1963 Volkswagen Beetle
  • 1975 Fiat X1/9
  • 2015 Lexus RC F
  • 1988 Lamborghini Jalpa
  • 1969 Dodge Charger R/T
  • 2012 Lotus Exige S
  • 1994 Mazda MX-5 Miata
  • 2012 Mercedes-Benz SLK55 AMG
  • 1998 Subaru Impreza 22B STi
  • 1997 BMW M3
  • 1969 Nissan Fairlady Z 432
  • 2014 Maserati Ghibli S
  • 2013 Audi RS 4 Avant
  • 1949 Mercury Coupe
  • 1994 Honda Prelude Si
  • 1991 Honda CR-X SiR
  • 1971 Plymouth GTX 426 HEMI
  • 1970 AMC Rebel “The Machine”
  • 2011 Bugatti Veyron Super Sport
  • 1967 Chevrolet Corvette Stingray 427
  • 2009 MINI John Cooper Works
  • 2005 TVR Sagaris
  • 2010 Renault Megane RS 250
  • 2003 Volkswagen Golf R32

Enquete

Qual game de 2015 você está mais aguardando?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Gamerta do Dia

Log In - Usuário

Vendas globais

CALENDÁRIO

julho 2015
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Última Imagens

Wallpaper (608).jpg.jpg Wallpaper (607).jpg.jpg Wallpaper (606).jpg.jpg Wallpaper (605).jpg.jpg Wallpaper (604).jpg.jpg Wallpaper (603).jpg.jpg Wallpaper (602).jpg.jpg Wallpaper (601).jpg.jpg Wallpaper (600).jpg Wallpaper (599).jpg Wallpaper (598).jpg Wallpaper (597).jpg Wallpaper (596).jpg Wallpaper (595).jpg Wallpaper (594).jpg Wallpaper (593).jpg Wallpaper (592).jpg Wallpaper (591).jpg.jpg Wallpaper (590).jpg Wallpaper (589).jpg CaseMod (39).jpg

ARQUIVOS 2009-2014

GUB no facebook

GUB no twitter

Twitter - @games_universe